Skip to content
Maratona SC - Branco
29 e 30/04

A 20ª Maratona de Supply Chain está marcada para os dias 29 e 30 de abril, em São Paulo, voltada para profissionais de Logística, Compras e Supply Chain.

A edição 2024 traz uma agenda incrível, abordando temas relevantes e inovadores. Dois dias de aprendizado e troca de experiências para aplicar insights práticos no dia a dia.  

Centro de Convenções Frei Caneca - São Paulo

0
Trilhas Temáticas
0
PALESTRAS
0
EXPOSITORES

Faça download do prospecto

PALESTRANTES

Marcelo Arantes

Chief Supply Chain
Officer

Thiago Nascimento

Chief Operating
Officer

Tomás Von Zuben

LA General Procurement
Director

Uibira Bernardi

Diretor Executivo de Supply Chain

Marcela Matos

Supply Chain Director Latam South

Bruna Wilbert

Direct Procurement Director

Luis Roberto Cunha

LATAM Supply Chain Director

Roberto Soares

Diretor de
Logística

Flavio Oliveira

Diretor de
Distribuição

Eliane Nascimento

Diretora de
Supply Chain

Matheus Caldeira

Supply Chain
Director

Paulo Leônidas

Supply Chain
Director

Patricia Viviani

Director
Procurement

Tiago Martinello

Procurement
Director

Claudio Marcos Ferreira

Supply Management Director

Marcos Domingues

Procurement Associate Director

José Roberto Olajos

Diretor de Logística e Qualidade

Luiz Vieira

Procurement
Director

Fabio Miguel

Diretor executivo de Logística

Fabio Loureiro

Procurement
Director

Carlos Eduardo Martins

Diretor de
transportes

Roberto Hasil

Supply Chain Excellence Director

Danielly Martin

Head ESG
LATAM

Fernanda João

LATAM Head of Procurement

Rafael Barreto

Head de Compras Corporativas

Thiago Grossi

Head de Compras 
e Supply Chain

Katia Prado

Personal Health Supply Chain Head Brazil

Ricardo Hartl

Head of Logistics & Facilities South America

Renata Cabrini

Head of Productivity and Logistics Planning

Sheila Tolfo

Head of
Purchasing

Bruna Redinha

Head Logistics
Operations

Massao Sinofzik

Head of Direct & Indirect Purchasing

Anderson Cotias

Head of
Procurement

Wesley Lima Alves

Head of
Procurement

Flávio Galassi

Head de
Sourcing

Fernanda Nocente

Head of Logistics - Country Leader

Renato Novellino

Regional Sourcing Lead LATAM

Carlos Duarte

Executivo de
Compras

Adriana Bueno

Gerente Nacional de Logística

Marizabel Cobianchi

Gerente Sênior Matéria Prima e Embalagens

Diego Araujo

Gerente Corporativo de Logística e Materiais

Felipe Massao

Gerente de
Analytics

Amanda Santos

Gerente Sr 
de Logística

João Victório

Gerente de
Suprimentos

Bruna Klen

ESG Bayer Brasil e América Latina

Marcus Magalhães

Gerente Sênior de Supply Chain

Julio Kido

Gerente de
compras

Eduardo Romani

Supply Chain Transformation Sr. Manager

Aline Dias

Procurement
Manager

Matheus Coelho

Gerente Suprimentos

Wagner Munhoz

Gerente de Planejamento, Performace e Materiais

Maria Clara Verçosa

Product & Operations Leader

Ricardo Ruiz


Conselheiro

David de Carvalho

Coordenador do MBA de Compras

Walter Soubihe


Professor

Danielle Sampaio


Professora

Mauro Friedrich

Executivo de logística com especialização em moda

Erica Riera

Professora de Supply chain e Strategic Sourcing

Lucas Madureira dos Anjos

Founder
e CEO

Jeferson Anjos

Co-fundador
e CEO

Rodolfo Sandoval


CEO

Fernando Sartori


CEO

Marcelo Zeferino

Chief Commercial
Officer

Marcia de Castro Paes

Procurement
Director

Laís Roupinha

Country 
Manager

PROGRAMAÇÃO

PALESTRA
Supplier management program. Da idéia à implementação!
  • O fascinante processo por trás da concepção do programa de gestão de fornecedores, revelando a estruturação da equipe e os passos iniciais que deram vida a esse projeto instigante.
  • A vital importância da comunicação interna e do alinhamento entre diferentes áreas para o sucesso cativante do programa. Descubra estratégias envolventes para garantir que todos compreendam e apoiem os objetivos do programa de gestão de fornecedores.
  • Saiba como o programa foi implementado e como é monitorado ao longo do tempo. Descubra os métodos utilizados para avaliar regularmente os fornecedores, identificar áreas de aprimoramento e fazer ajustes para garantir a eficácia contínua do programa.
Tomás Von Zuben
LA General Procurement Director
Lenovo
DEBATE
Comprador do futuro: desafios na busca por agilidade e resiliência
  • As crescentes demandas que exigem agilidade por parte dos futuros compradores. Como se adaptar a mudanças de mercado, expectativas dos clientes e inovações tecnológicas.
  • Os problemas de fora que podem afetar a resiliência dos compradores, como problemas na entrega de produtos, eventos inesperados e instabilidade econômica. Descubra as estratégias para reduzir esses riscos e manter as operações funcionando de forma eficiente.
  • O papel das tecnologias emergentes na promoção da agilidade e resiliência. Como a automação, análise de dados em tempo real e soluções baseadas em IA estão capacitando os compradores a tomar decisões mais rápidas e precisas diante de cenários desafiadores.
Luiz Vieira
Procurement Director
Oi
Fernanda João
LATAM Head of Procurement
Nutrien
Rafael Barreto
Head de Compras Corporativas
Bosch
Erica Riera
Professora de Supply Chain
e Strategic Sourcing
David de Carvalho
Coordenador do MBA de Compras
Inbrasc
PALESTRA
Construindo a academia de Compras e aproximando o requisitante
  • Programas de treinamento personalizados para atender às necessidades dos requisitantes e novos profissionais de compras, abordando desde conceitos básicos até estratégias avançadas.
  • Criação de uma plataforma de treinamento online intuitiva e autoexplicativa, oferecendo acesso fácil e autônomo para os participantes. A interface será projetada para garantir uma experiência de aprendizado amigável e simplificada.
  • Estruturação dos conteúdos em módulos curtos e diretos, permitindo aprendizado flexível e adaptável aos horários dos participantes. Cada módulo abordará um tópico específico de forma concisa, facilitando a absorção e aplicação imediata do conhecimento.
Sheila Tolfo
Head of Purchasing
BMW Group Brazil
DEBATE
Data-driven procurement: o potencial da informação vs a intuição
  • Qual é o verdadeiro potencial dos dados para a estratégia de compras?
  • Como insights baseados em dados podem melhorar as decisões de compra, identificando tendências de mercado e até mesmo prevendo demandas futuras, complementando ou até mesmo contrapondo a intuição.
  • Entenda como as empresas estão estruturando a coleta, análise e interpretação corretas dos dados.
  • Métodos e boas práticas para romper o preconceito contra a cultura de Data-driven.
Carlos Duarte
Executivo de Compras
Nestlé
Jeferson Anjos
Co-fundador e CEO
Supply Brain
Eduardo Romani
Supply Chain Transformation Sr. Manager
Rich Products Corporation
Massao Sinofzik
Head of Direct & Indirect Purchasing
Villares Metals
PALESTRA
Como inovar em suprimentos por meio do ESG e da transformação digital
  • Os conceitos fundamentais de inovação, ESG e transformação digital. Compreenda como esses elementos convergem para impulsionar mudanças na cadeia de suprimentos.
  • Exemplos reais que ilustram a inovação em práticas ESG e seus benefícios na gestão de suprimentos. Explore casos específicos que demonstram como iniciativas sustentáveis impactaram positivamente a eficiência e a responsabilidade na cadeia de suprimentos.
  • Casos que evidenciam os ganhos internos resultantes da transformação digital. Explore exemplos concretos que mostram como a adoção de tecnologias digitais impulsionou a eficiência, redução de custos e tomada de decisões na gestão de suprimentos.
Tiago Martinello
Procurement Director
Grupo Boticário
DEBATE
ESG na cadeia de suprimentos - investimento ou despesa na realidade corporativa?
  • A visão de longo prazo que muitas empresas adotam ao integrar práticas ESG. Ao investir em medidas sustentáveis e responsáveis na cadeia de suprimentos, as empresas buscam atrair investidores, fortalecer a reputação e reduzir riscos, enxergando isso como um investimento no futuro.
  • No início, implementar práticas ESG pode parecer uma despesa, exigindo investimentos em tecnologia, treinamento e revisão de processos. No entanto, essa despesa inicial pode se transformar em eficiência operacional, redução de custos e vantagem competitiva ao longo do tempo.
  • As empresas modernas estão evoluindo na percepção das práticas ESG na cadeia de suprimentos, reconhecendo que não é apenas uma despesa, mas um investimento estratégico. Essa abordagem não apenas atende a demandas regulatórias, mas também fortalece a resiliência do negócio e contribui para um impacto positivo no mundo.
Claudio Marcos Ferreira
Supply Management Director
Sodexo
Matheus Coelho
Gerente Suprimentos
Porto Sudeste & Mineração Ipê
Bruna Klen
ESG Bayer Brasil e América Latina
Bayer
Rodolfo Sandoval
CEO
Sertras
Danielle Sampaio
Professora
Inbrasc
PALESTRA
Gerenciamento de stakeholders com alavancagem de categorias – cases BP Bunge
  • A posição de cada stakeholder na matriz influência-interesse determina as interações e estratégias de engajamento com eles, moldando a abordagem de comunicação e negociação.
  • A utilização da matriz de gerenciamento de stakeholders trouxe benefícios significativos para os processos de negociação na área de procurement, melhorando a eficiência e a eficácia das estratégias adotadas.
  • Casos específicos da BP Bunge, como o caso do Fertilizante Mineral versus Orgânico e a substituição de Produtos Químicos por Produtos Biológicos, demonstrando como o gerenciamento de stakeholders permitiu a inclusão de questões ambientais e de sustentabilidade nesses projetos.
JOÃO VICTÓRIO
Gerente de Suprimentos
BP Bunge Bioenergia
PAINEL
Transformação digital: maximizando eficiência e resultados com plataformas de compras online
  • Como a transformação digital pode otimizar os processos de compras, maximizando a eficiência e aprimorando os resultados estratégicos.
  • Como as plataformas online desempenham um papel crucial na busca por eficiência no processo de compras, simplificando transações, aprimorando a visibilidade e proporcionando maior agilidade.
  • Como a transformação digital, especialmente com o uso de plataformas de compras online, pode gerar resultados expressivos, impulsionando a eficácia, reduzindo custos e fortalecendo as operações.
Matheus Coelho
Gerente Suprimentos
Porto Sudeste & Mineração Ipê
Wesley Lima Alves
Head of Procurement
Alpargatas
Flávio Galassi
Head de Sourcing
Embracon
Aline Dias
Procurement Manager
Wickbold
PAINEL
Gestão de riscos: estratégias para mitigar desafios na cadeia de suprimentos
  • A relevância crítica da gestão de riscos na cadeia de suprimentos, reconhecendo a complexidade e os desafios inerentes a um ambiente global e dinâmico.
  • Estratégias eficazes para mitigar os desafios específicos na cadeia de suprimentos, desde riscos relacionados a fornecedores até eventos disruptivos, garantindo a continuidade e a resiliência operacional.
  • Como abordar a gestão de riscos na cadeia de suprimentos de maneira proativa, incorporando práticas de resiliência para enfrentar desafios imprevistos e manter a estabilidade operacional.
Fernanda João
LATAM Head of Procurement
Nutrien
Thiago Grossi
Head de Compras e Supply Chain
Cinépolis
Renato Novellino
Regional Sourcing Lead LATAM
dsm-firmenich
David de Carvalho
Coordenador do MBA de Compras
Inbrasc
Lucas Madureira dos Anjos
Founder/CEO
Gedanken_ GCertifica
PAINEL
Rastreabilidade e visibilidade na cadeia de suprimentos como estratégia-chave
  • A rastreabilidade desempenha um papel crucial, proporcionando transparência e controle ao longo de toda a cadeia de suprimentos, desde a produção até a entrega final.
  • Como a visibilidade completa da cadeia de suprimentos se torna uma estratégia-chave, permitindo tomadas de decisão informadas, identificação rápida de problemas e otimização de processos.
  • Saiba como integrar estratégias de rastreabilidade e visibilidade para maximizar a eficiência operacional, reduzir riscos e fortalecer a resiliência na cadeia de suprimentos.
Anderson Cotias
Head of Procurement
Wilson Sons
Marcelo Zeferino
Chief Commercial Officer
Prestex
PAINEL
Estratégias e desafios na gestão de fornecedores
  • Estratégias-chave para uma gestão eficaz de fornecedores, incluindo a avaliação criteriosa, estabelecimento de parcerias sólidas e a promoção da colaboração.
  • Identifique e compreenda os desafios recorrentes na gestão de fornecedores, desde a garantia da qualidade até a mitigação de riscos, e desenvolva abordagens para superá-los com sucesso.
  • Como a gestão efetiva de fornecedores contribui para a criação de sinergia e eficiência em toda a cadeia de suprimentos, resultando em benefícios tangíveis para a empresa.
Marcia de Castro
Procurement Director
BDO
Patricia Viviani
Director Procurement
UnitedHealth Group
Marizabel Cobianchi
Gerente Sênior Matéria Prima e Embalagens
Ypê
Aline Dias
Procurement Manager
Wickbold
David de Carvalho
Coordenador do MBA de Compras
Inbrasc
DEBATE
IA generativa em procurement: potencial transformador ou desafios éticos na tomada de decisões?
  • A Inteligência Artificial generativa tem o potencial de transformar significativamente os processos de procurement, otimizando a eficiência, acelerando decisões e aprimorando a precisão.
  • Existem muitos desafios éticos associados ao uso da IA generativa em procurement, incluindo questões relacionadas à transparência, preconceitos algorítmicos e responsabilidade nas decisões automatizadas.
  • Descubra como as organizações podem equilibrar o potencial transformador da IA generativa com a consideração ética, adotando abordagens responsáveis para garantir decisões justas, transparentes e alinhadas com os valores corporativos.
Anderson Cotias
Head of Procurement
Wilson Sons
PALESTRA
Implementação da área de compras: a estratégia infalível para ser a área mais elogiada pelos clientes internos
  • As táticas essenciais para assegurar a participação ativa de todos na implementação da área de compras, resultando em impactos significativos e positivos nos resultados organizacionais.
  • A estratégia mais eficaz para posicionar a área de compras como a fundação do crescimento sustentável da empresa, revelando abordagens que impulsionam eficiência e contribuem para os objetivos de negócios.
  • Os fundamentos que impulsionarão o papel do comprador, transicionando-o da era média para a era da inteligência artificial, promovendo avanços significativos no clima organizacional e na eficácia das operações de compras.
Flávio Galassi
Head de Sourcing
Embracon
PALESTRA
Como Procurement indiretos pode ser protagonista na estratégia da companhia
  • Entenda como adotar um mindset estratégico no processo de compras indiretas pode transformar os processos em casos de sucesso, alinhados estrategicamente com os objetivos da empresa.
  • Métodos para otimizar os gastos indiretos, por meio de cases reais que demonstram a aplicação prática de estratégias de procurement eficazes, que resultaram em redução de custos e eficiência operacional.
  • Impulsione uma colaboração sólida entre a área de Procurement e outras unidades de negócios. Explore cases de sucesso que evidenciam a importância do engajamento efetivo dos stakeholders e como realizar uma comunicação estratégica eficaz.
Wesley Lima Alves
Head of Procurement
Alpargatas
PALESTRA
A jornada evolutiva da área de Compras: como nos transformamos e nos adaptamos a era digital
  • Passado e Presente: Adaptação de processos na Minerva Foods, na área de Compras, e análise crítica dos resultados obtidos.
  • Desafios Futuros e Desenvolvimento de Talentos: Educação contínua como chave para formar equipes de compras eficientes e promover uma cultura de inovação e adaptação.
  • Tecnologia como Motor de Transformação: Implementação de sistemas eletrônicos de gestão e análise de dados para otimizar processos e tomar decisões mais embasadas na Minerva Foods, na área de Compras.
WAGNER MUNHOZ
Gerente de Planejamento, Performace e Materiais
Minerva Foods
PALESTRA
A inteligência artificial generativa e o valor adicionado ao cliente
  • Como a GenAI está impulsionando iniciativas inovadoras em supply chain e agregando valor aos negócios digitais, melhorando eficiência, personalização de produtos e serviços, e automatizando tarefas repetitivas para uma vantagem competitiva significativa.
  • Os limites éticos e operacionais enfrentados nas iniciativas de inovação impulsionadas pela GenAI, destacando a importância de equilibrar o progresso tecnológico com considerações éticas, regulatórias e operacionais.
  • Como a GenAI está sendo aplicada no atendimento ao cliente, melhorando a experiência do cliente por meio de respostas rápidas e precisas, personalização de interações e automação de processos de suporte.
Luis Roberto Cunha
LATAM Supply Chain Director
Boston Scientific
PALESTRA
Segmentação da cadeia de abastecimento - Case do Grupo Boticário
  • Os detalhes sobre a implementação da segmentação na cadeia de abastecimento, revelando desafios superados, etapas fundamentais e estratégias adotadas, evidenciando o compromisso do Grupo Boticário com práticas mais eficientes.
  • Conheça a metodologia utilizada na segmentação da cadeia de abastecimento, apresentando resultados tangíveis, como otimização de processos, redução de custos ou melhoria na eficiência operacional, demonstrando os impactos positivos obtidos.
  • Lições valiosas extraídas do processo de segmentação, oferecendo insights relevantes sobre estratégias bem-sucedidas e desafios enfrentados, fundamentais para futuras iniciativas de otimização.
Uibira Bernardi
Diretor Executivo de Supply Chain
Grupo Boticário
DEBATE
Eficiência em supply chain: otimização de processos para a excelência operacional
  • Os pilares fundamentais para alcançar eficiência, incluindo automação, sincronização de fluxos de trabalho e integração de sistemas.
  • Como a revisão e aprimoramento contínuo de processos, a identificação e eliminação de gargalos e a implementação de tecnologias são cruciais para otimizar processos. 
  • A otimização de processos contribuindo para atingir a excelência operacional, resultando em redução de custos, melhorias na eficiência e aumento da satisfação do cliente.
Paulo Leônidas
Supply Chain Director
Grupo Lactalis
Matheus Ramos
Gerente de Projetos – SupplyChain GAB
Gerdau
Marcus Magalhães
Gerente Sênior de Supply Chain
AngloGold Ashanti
PALESTRA
Do analógico ao digital: transformando processos e elevando a eficiência na supply chain da Privalia
  • Os detalhes da estrutura e desafios específicos enfrentados pela Privalia. Explore a complexidade do cenário logístico e os obstáculos inerentes à gestão manual. Compreenda a necessidade premente de uma transição para processos digitais para aprimorar a eficiência operacional e a interação com parceiros.
  • O cenário inicial de comunicação com marcas parceiras, enfatizando as limitações dos métodos manuais e o uso de planilhas Excel. Entenda a relevância da transformação digital para aprimorar a colaboração, reduzir erros e aperfeiçoar a agilidade na cadeia de suprimentos da Privalia.
  • Saiba mais sobre a decisão estratégica de implementar o Salesforce, abordando o processo de desenvolvimento e a transição. Compreenda as lições aprendidas nessa jornada de transformação e os impactos positivos para as marcas parceiras, bem como para o desempenho geral do negócio da Privalia.
Thiago Nascimento
COO
Privalia
PAINEL
Big data no supply chain: desvendando o poder dos dados para a eficiência e inovação
  • As capacidades do Big Data para coletar, processar e analisar dados em larga escala, revelando oportunidades para impulsionar a eficiência e a inovação na gestão do Supply Chain.
  • Como o uso estratégico de dados pode otimizar processos logísticos, prever demandas, melhorar a tomada de decisões e fomentar a inovação na cadeia.
  • Como o Big Data pode transformar o Supply Chain, aumentando a precisão, reduzindo custos operacionais, mitigando riscos e promovendo a agilidade diante das demandas do mercado.
Felipe Massao
Gerente de Analytics
GOL Linhas Aéreas
João Fábio Silva
Diretor de Supply Chain
Hospital Care
PAINEL
Supply chain resiliente: estratégias para enfrentar desafios globais e locais
  • As abordagens fundamentais para fortalecer a resiliência em Supply Chain, incluindo a diversificação de fornecedores, mapeamento de riscos e implementação de estratégias flexíveis.
  • Táticas para lidar com desafios tanto globais quanto locais, como catástrofes naturais, interrupções na cadeia de fornecimento e flutuações de mercado, mantendo a continuidade dos negócios.
  • Como a inovação contínua e a capacidade de adaptação são essenciais para enfrentar os desafios, desenvolvendo uma cadeia ágil e preparada para lidar com mudanças inesperadas no ambiente empresarial.
Paulo Leônidas
Supply Chain Director
Grupo Lactalis
Fernanda Nocente
Head of Logistics - Country Leader
Decathlon
Matheus Caldeira
Supply Chain Director
ICL América do Sul
PALESTRA
Networking design em um varejo omnicanal
  • Como o design de networking no varejo omnicanal visa integrar eficientemente a malha de fornecedores, alinhando estratégias de distribuição e entrega para garantir uma cadeia de suprimentos coesa.
  • A importância de unificar as estratégias de abastecimento e distribuição para que estejam alinhadas com a estratégia de entrega, proporcionando uma experiência omnicanal consistente para os clientes.
  • Como o networking design busca o equilíbrio entre a otimização de custos e a velocidade de entrega, garantindo eficiência operacional sem comprometer a agilidade na resposta às demandas do consumidor.
Marcelo Arantes
Chief Supply Chain Officer
Leroy Merlin
PAINEL
Previsão avançada no supply chain: otimizando decisões por meio da análise preditiva
  • A previsão avançada utiliza análise preditiva para otimizar decisões no supply chain, antecipando demandas, identificando padrões e melhorando a eficiência operacional.
  • A análise preditiva na previsão avançada oferece insights valiosos, permitindo a otimização de decisões em áreas como gestão de estoque, produção e distribuição, contribuindo para a eficácia global do supply chain.
  • Os benefícios tangíveis que as empresas podem obter ao adotar sistemas avançados de previsão, desde a redução de custos até a melhoria da satisfação do cliente, por meio de decisões mais informadas e alinhadas com as demandas do mercado.
Laís Roupinha
Country Manager
Slimstock
PALESTRA
Navegando para o futuro sustentável: IA como co-piloto na gestão eficiente da cadeia alimentar de produtos frescos em supermercados - case St Marche
  • Redução de Desperdícios: Utilizando a inteligência artificial como co-piloto, a solução tecnológica focaliza na minimização do desperdício de alimentos, aprimorando a previsão de demanda e proporcionando uma gestão precisa dos estoques, contribuindo para um abastecimento mais consciente.
  • Aumento da Disponibilidade: A ferramenta age como um catalisador para a disponibilidade constante de frutas, verduras e legumes, elevando a eficiência na cadeia de suprimentos. Isso não apenas atende às demandas dos consumidores, mas também o faz de maneira sustentável, alinhada com as práticas necessárias para garantir um futuro mais equilibrado.
  • Sustentabilidade na Prática: Integrando tecnologias como inteligência artificial e visão computacional, a solução vai além da resolução de desafios operacionais. Ela efetivamente promove práticas sustentáveis, destacando-se como um instrumento crucial na jornada em direção a um futuro consciente na gestão alimentar e na preservação dos recursos naturais.
 
Eliane Nascimento
Diretora de Supply Chain
St Marche
PAINEL
Supply chain green & circular: transformando desafios ambientais em oportunidades estratégicas
  • Como a implementação de práticas sustentáveis e circulares em supply chain pode transformar desafios ambientais em oportunidades estratégicas, promovendo uma abordagem mais responsável.
  • As oportunidades estratégicas derivadas da adoção de práticas sustentáveis, desde a redução de pegadas de carbono até a criação de produtos ecoeficientes e a conquista de mercados orientados por valores sustentáveis.
  • A transformação ambiental não apenas atende às demandas ambientais, mas também resulta em benefícios tangíveis, como eficiência operacional aprimorada, redução de desperdícios e fortalecimento da reputação da marca.
DEBATE
Indústria 4.0: Digital Twins em Supply Chain
  • Explore como os conceitos da Indústria 4.0, incluindo Digital Twins, estão redefinindo as práticas na cadeia de suprimentos, possibilitando uma visão holística e em tempo real de operações complexas.
  • Como os Digital Twins oferecem representações digitais precisas de ativos e processos em supply chain, permitindo simulações, análises preditivas e tomadas de decisões mais informadas.
  • Os benefícios tangíveis que a adoção de Digital Twins traz para o Supply Chain, incluindo otimização de processos, redução de custos, aumento da eficiência operacional e maior capacidade de adaptação a mudanças dinâmicas.
Roberto Hasil
Supply Chain Excellence Director
Mondelēz International
DEBATE
D2C no supply chain: desafios e oportunidades na conexão direta com o consumidor final
  • Os desafios estratégicos ao adotar estratégias D2C no gerenciamento da cadeia, incluindo a redefinição de fluxos tradicionais e a adaptação de modelos de negócios existentes.
  • Soluções práticas para garantir uma execução eficiente, como a gestão ágil de estoques e a resposta rápida às demandas do consumidor.
  • Personalização de produtos para atender demandas individuais, impulsionando a eficiência operacional e melhorando a satisfação do cliente, fatores cruciais para o sucesso da abordagem D2C.
Daniel Batistella
Transports procurement & logistics manager LATAM
Electrolux
DEBATE
Omnicanalidade: transformando a experiência do cliente e maximizando a eficiência
  • Como a omnicanalidade está redefinindo a experiência do cliente, integrando perfeitamente os canais online e offline para proporcionar interações mais coesas e personalizadas.
  • A integração eficiente de canais de vendas, otimizando processos, estoques e logística, contribuindo para uma operação mais eficaz e alinhada com as expectativas do cliente.
  • Os benefícios tangíveis oferecidos pela omnicanalidade, incluindo a melhoria na satisfação do cliente, a fidelização e o aumento nas oportunidades de venda, consolidando eficiência e competitividade no supply chain.
Ricardo Hartl
Innova Head of Logistics & Facilities South America
Cargill
PALESTRA
ESG e a cadeia de valor
  • A evolução da logística na cadeia de valor e sua crescente relevância. Descubra as oportunidades de carreira nesse campo em constante evolução, abordando as habilidades essenciais e as trajetórias profissionais.
  • A gestão eficaz de equipamentos retornáveis na cadeia de suprimentos e as oportunidades da logística reversa. Como maximizar o valor desses ativos e identifique oportunidades de otimização no Back Haul para reduzir custos e impactos ambientais.
  • O aproveitamento de lixo reciclável, como stretch, papelão e madeira, destacando a importância de retornar e transformar esses materiais na cadeia de valor. Explore também as oportunidades da última milha sustentável, incluindo o retorno e transformação de material orgânico e fibroso para reduzir o impacto ambiental na fase final da entrega.
José Roberto Olajos
Diretor de Logística e Qualidade -
Oba Hortifruti
PAINEL
Desvendando o impacto da inteligência artificial no last mile
  • IA no last mile, algoritmos avançados e análises preditivas que moldam a logística de entrega. Casos reais de otimização de rotas, eficiência operacional e seu impacto na satisfação do cliente.
  • Como a IA possibilita entregas personalizadas e uma experiência mais centrada no cliente. Estratégias para usar dados e comportamentos do consumidor, oferecendo opções de entrega adaptadas, resultando em maior engajamento e fidelidade.
  • Como a IA impulsiona a sustentabilidade na logística. Avanços em veículos autônomos, energias renováveis e estratégias para reduzir emissões de carbono, proporcionando uma visão do futuro sustentável das entregas.
Ricardo Ruiz Rodrigues
Conselheiro Inbrasc
Flavio Oliveira
Diretor de distribuição
Coca-Cola FEMSA
DEBATE
Sustentabilidade em movimento: o equilíbrio entre eficiência e responsabilidade na logística
  • Sustentabilidade sendo integrada à logística, focando na eficiência sem comprometer a responsabilidade ambiental. Estratégias que otimizam processos, reduzem desperdícios e minimizam o impacto ambiental, mantendo altos níveis de eficiência operacional.
  • Como as empresas estão incorporando práticas responsáveis em suas cadeias de suprimentos. Iniciativas que priorizam fontes renováveis, reduzem emissões de carbono e adotam embalagens ecológicas, garantindo uma abordagem mais consciente em toda a cadeia logística.
  • Inovação tecnológica impulsionando a sustentabilidade na logística. O papel da inteligência artificial, veículos de entrega elétricos e estratégias de roteamento inteligente na busca por um equilíbrio eficaz entre eficiência operacional e responsabilidade ambiental.
Renata Cabrini
Head of Productivity and Logistics Planning
Raízen
Bruna Redinha
Head Logistics Operations
Covestro
PAINEL
Logística reversa: da teoria à prática
  • Os princípios teóricos por trás da logística reversa, conceitos-chave e modelos. Como essa prática é essencial para a sustentabilidade, minimizando resíduos e maximizando a reutilização de produtos.
  • Como as teorias da logística reversa são aplicadas na prática. Os desafios reais enfrentados na implementação, desde a coleta eficiente de produtos usados até a reintegração na cadeia de valor, destacando estratégias para superar obstáculos comuns.
  • Exemplos práticos de sucesso na aplicação da logística reversa e casos reais de empresas que implementaram com êxito programas de retorno de produtos, reciclagem e reutilização, destacando os benefícios obtidos tanto para o negócio quanto para o meio ambiente.
Thiago Nascimento
COO
Privalia
DEBATE
A evolução das torres de controle na era da inteligência
  • Descubra como a tecnologia está transformando as torres de controle, explorando avanços em algoritmos preditivos e tecnologias inovadoras. Como essa evolução proporciona uma visão ampliada e mais precisa das operações, permitindo respostas ágeis e eficientes.
  • O impacto da IA nas torres de controle, fornecendo dados em tempo real e insights preditivos. Como isso aprimora a capacidade de tomar decisões rápidas e informadas, resultando em operações mais seguras, eficientes e adaptáveis.
  • A integração de tecnologias emergentes, como IoT, machine learning e automação, nas torres de controle. Como essa convergência impulsiona a eficiência, a segurança e a capacidade de lidar com desafios complexos, moldando o futuro do controle de operações.
Ricardo Ruiz Rodrigues
Membro do conselho
Inbrasc
Adriana Bueno
Gerente Nacional de Logística
Mococa
Fernando Sartori
CEO
Uello
PALESTRA
Logística 4.0 no varejo alimentar
  • Descubra como o Grupo Pereira, uma empresa omnichanel do varejo alimentar, tem avançado na implementação da Logística 4.0, destacando seu papel na automatização de operações para proporcionar uma experiência integrada aos clientes.
  • Explore os desafios enfrentados e os resultados obtidos pelo Grupo ao implementar o Plano Diretor da Logística 4.0, revelando insights valiosos sobre a eficácia dessa abordagem no contexto do varejo alimentar.
  • Entenda como o avanço na automatização das operações e processos no Grupo Pereira contribui diretamente para os resultados da organização, promovendo eficiência operacional, redução de custos e melhorias significativas na cadeia de suprimentos.
Roberto Soares
Diretor de Logística
Grupo Pereira
PALESTRA
A logística do Grupo Boticário: das lojas ao ominchanel com sustentabilidade
  • Abordagem integrada do Grupo Boticário na gestão da logística inbound e outbound, atendendo às demandas de suas diversas marcas e canais.
  • A complexidade da logística, cobrindo lojas físicas, venda direta, e-commerce, operações omnicanal e parcerias B2B, incluindo o setor farmacêutico e distribuidores.
  • Estudo de caso que destaca a eficiência logística na entrega para 4.000 lojas da rede de franqueados, impulsionando o crescimento bem-sucedido do modelo omnichanel.
Fabio Miguel
Diretor executivo de Logística
Grupo Boticário
Amanda Santos
Gerente Sr de Logística
Grupo Boticário
PAINEL
Sinergia logística: o poder da colaboração e compartilhamento de cargas na eficiência global
  • A colaboração entre diferentes partes da cadeia de suprimentos pode impulsionar a eficiência global, criando sinergias que beneficiam todas as partes envolvidas.
  • O compartilhamento de cargas e como ele contribui para otimizar o transporte, reduzir custos e minimizar impactos ambientais, promovendo uma eficiência logística sustentável.
  • Os resultados tangíveis da sinergia logística, destacando como a colaboração e o compartilhamento de recursos podem aprimorar a eficiência operacional em uma escala global na cadeia de suprimentos.
PAINEL
Blockchain na logística: transformando processos e ampliando confiança
  • O papel do Blockchain na transformação de processos logísticos, proporcionando maior eficiência e transparência.
  • Como essa tecnologia contribui para o aumento da confiança na cadeia de suprimentos, fornecendo uma trilha de auditoria imutável e transparente para todas as transações.
  • Blockchain reinventando processos logísticos, desde rastreamento de mercadorias até contratos inteligentes, criando um ambiente mais seguro e eficiente na gestão da cadeia de suprimentos.
Maria Clara Verçosa
Product & Operations Leader
Blockforce
PALESTRA
O programa de gestão de transportes do KaBuM!
  • As razões por trás da implementação do programa de gestão de transportes pelo KaBuM! e os objetivos específicos que impulsionaram essa iniciativa estratégica.
  • Conheça o modus operandi do programa, entendendo os processos e estratégias que compõem a gestão de transportes no KaBuM!, destacando como ele foi estruturado para atingir seus objetivos.
  • Os resultados tangíveis e intangíveis obtidos até o momento, revelando o impacto positivo do programa na eficiência operacional, custos e qualidade do serviço de transporte oferecido pelo KaBuM!.
Carlos Eduardo Martins
Diretor de transportes
KaBuM!
DEBATE
Logística D2C: descentralização lucrativa vs complexidade da entrega direta
  • Os benefícios econômicos proporcionados pela descentralização na logística Direct-to-Consumer (D2C), destacando como a entrega direta pode impulsionar a rentabilidade dos negócios.
  • Os desafios logísticos associados à entrega direta ao consumidor na cadeia D2C, considerando a complexidade operacional e a necessidade de estratégias eficientes para superar esses obstáculos.
  • Como as empresas enfrentam o equilíbrio delicado entre a descentralização lucrativa e a complexidade adicional na entrega direta, considerando abordagens estratégicas para otimizar a logística D2C.
Daniel Batistella
Transports procurement & logistics manager LATAM
Electrolux
DEBATE
Cibersegurança na logística: desafios da proteção digital vs avanços tecnológicos
  • Explore os desafios específicos que a logística enfrenta em termos de cibersegurança, considerando a natureza complexa e interconectada das operações logísticas modernas.
  • Os avanços tecnológicos na logística, como a Internet das Coisas (IoT) e a automação, apresentam desafios adicionais para a cibersegurança, exigindo estratégias robustas para proteger os sistemas.
  • Como as empresas encontram o equilíbrio entre garantir a proteção digital eficaz e continuar a adotar avanços tecnológicos na logística, destacando estratégias para mitigar riscos cibernéticos sem comprometer a inovação.
PALESTRA
Ciclo de Gestão & Estratégia: como alinhar processos a favor da estratégia a fim de reverter resultados e garantir uma jornada consistente
  • Os líderes atuais têm como atributos naturais a capacidade de atingir metas, solucionar problemas e encarar novos desafios em um ambiente de constante mudança.
  • A alta complexidade do cenário atual demanda agilidade e eficiência para impulsionar os resultados das organizações, enfatizando a importância do planejamento para uma execução excelente.
  • Entenda como os processos organizacionais, muitas vezes subestimados, podem ser excelentes alavancas para melhorar a performance, desdobrar estratégias e alcançar grandes resultados nas organizações.
Renata Cabrini
Head of Productivity and Logistics Planning
Raízen
PALESTRA
ESG: de boas intenções à ações concretas
  • A crescente importância do ESG nas decisões de mercado, destacando a definição fundamental desses princípios e seu impacto nas tomadas de decisão empresarial.
  • Conheça a estratégia de sustentabilidade da Bayer e casos exemplares que ilustram as práticas de destaque em ambiental, social e governança, demonstrando a efetiva integração do ESG nos negócios.
  • O desafio crucial de medir a eficácia das ações ESG, explorando a diferença entre intenções declaradas e ações reais, e como a transparência desempenha um papel essencial nesse processo.
Bruna Klen
ESG Bayer Brasil e América Latina
Bayer
Danielly Martin
Head ESG LATAM
Bayer
PALESTRA
Desafio em manter o processo do S&OP evoluindo, em um ambiente de negócios conturbados
  • A complexidade em identificar e mapear os riscos que impactam o Sales and Operations Planning (S&OP), considerando a volatilidade do mercado e outras variáveis.
  • Explore as dificuldades enfrentadas ao tentar quantificar e avaliar os efeitos dos riscos identificados no processo de S&OP, o que pode desafiar a precisão das projeções e planejamentos.
  • Os desafios enfrentados na tomada de decisão quando há cenários incertos, destacando a necessidade de estratégias adaptativas e flexíveis para lidar com a imprevisibilidade do ambiente de negócios.
Walter Soubihe
Professor
Inbrasc
PALESTRA
Quociente de adversidade na tomada de decisão
  • A importância atribuída pelos profissionais ao Quociente de Inteligência, Quociente Emocional e, especialmente, ao Quociente de Adversidade na tomada de decisões no mercado.
  • O Quociente de Adversidade desempenha um papel fundamental no alcance do sucesso pessoal e profissional, influenciando resiliência e a capacidade de superar desafios.
  • Conheça metodologias para calcular o Quociente de Adversidade e explore estratégias práticas para aumentá-lo, capacitando indivíduos a enfrentar adversidades com mais eficácia.
David de Carvalho
Coordenador do MBA de Compras
Inbrasc
PALESTRA
Estratégias direcionadas para a gestão logística em meio a consolidação de negócios
  • A importância de desenvolver um plano operacional sólido e sustentável durante processos de consolidação de negócios na gestão logística, garantindo eficácia e resiliência.
  • Estratégias de engajamento adaptativas para lidar com as incertezas inerentes à consolidação de negócios, promovendo comunicação eficiente e colaboração entre as partes envolvidas na gestão logística.
  • Abordagens para buscar eficiência operacional e redução de custos durante a consolidação de negócios, destacando práticas que otimizam processos logísticos de forma eficaz.
Ricardo Hartl
Head of Logistics &
Facilities South America
Cargill
PALESTRA
Liderança em Compras
  • Descubra a crucial importância da liderança no contexto de compras, destacando suas principais características e os benefícios que uma liderança forte pode trazer para a eficiência e sucesso da área.
  • A relevância da sinceridade na liderança em compras, compreendendo o que é, seus benefícios e os desafios associados a manter a sinceridade em um ambiente corporativo.
  • A presença de crenças limitantes na liderança de compras, entendendo sua importância, os impactos negativos que podem gerar e estratégias para superar essas crenças, promovendo uma liderança mais eficaz.
Julio Kido
Gerente de compras
Cellera Farma
PAINEL
Gestão de talentos e desenvolvimento profissional na era digital
  • Quais abordagens inovadoras de gestão de talentos que se tornaram essenciais na era digital? Como as organizações podem atrair, reter e desenvolver os melhores profissionais em um ambiente tecnologicamente avançado?
  • Os desafios únicos enfrentados na gestão de talentos e desenvolvimento profissional na era digital, enquanto explora as oportunidades oferecidas por tecnologias emergentes e estratégias inovadoras.
  • Como criar uma cultura organizacional que promova a agilidade, a inovação e o desenvolvimento contínuo na era digital, proporcionando um ambiente propício para o crescimento profissional dos colaboradores.
Eduardo Romani
Supply Chain Transformation Sr. Manager
Rich Products Corporation
Marcela Matos
Supply Chain Director Latam South
Cargill
Katia Prado
Personal Health Supply Chain Head Brazil
Philips
DEBATE
Formando líderes para o futuro: estratégias e investimentos no desenvolvimento de liderança
  • Descubra a importância de investir de forma estratégica no desenvolvimento de liderança para preparar líderes para os desafios futuros.
  • Como os investimentos nessa área podem impulsionar o crescimento e o sucesso organizacional a longo prazo.
  • Como criar uma cultura organizacional que valorize e promova o desenvolvimento de liderança em todos os níveis hierárquicos, incentivando a aprendizagem contínua, a colaboração e a inovação como pilares fundamentais para o crescimento individual e organizacional.
Marcela Matos
Supply Chain Director Latam South
Cargill
DEBATE
Além das fronteiras: desafios e vantagens na jornada pela diversidade e inclusão
  • Os desafios enfrentados na promoção da diversidade e inclusão, desde a conscientização sobre preconceitos inconscientes até a superação de barreiras culturais e estruturais dentro das organizações.
  • Os benefícios de uma cultura inclusiva, incluindo maior inovação, melhor tomada de decisões e um ambiente de trabalho mais positivo e produtivo para todos os colaboradores.
  • Como as empresas podem ir além das fronteiras tradicionais, adotando estratégias ousadas para promover a diversidade e inclusão, e destacaremos casos de sucesso e melhores práticas nessa jornada desafiadora.
MARCUS MAGALHÃES
Gerente Sênior de Supply Chain
AngloGold Ashanti
PALESTRA
As mudanças atenuantes da liderança no cenário atual e a aplicação da inteligência emocional
  • Como a inteligência emocional do líder influencia diretamente o ambiente de trabalho, a motivação da equipe e o desenvolvimento positivo dos liderados em um novo cenário corporativo pós-pandemia.
  • Como os princípios e propósitos das companhias têm um impacto significativo sobre o clima e o engajamento dos colaboradores. A necessidade de alinhamento entre a cultura organizacional e os valores pessoais dos colaboradores para promover um ambiente de trabalho positivo e produtivo.
  • Os desafios enfrentados pelos gestores na manutenção de uma cultura organizacional coesa e duradoura, destacando a importância da disseminação e alinhamento consistentes da linguagem e retórica empresarial para garantir o sucesso e a coesão da equipe.
MAURO FRIEDRICH
Executivo de logística com especialização em moda

WORKSHOP IMPLEMENTANDO ESG EM SUPPLY CHAIN

Descubra como o ESG está transformando o Supply Chain Management. Este workshop, parte fundamental da 20ª Maratona de Supply Chain, oferece insights profundos sobre a integração do ESG nas operações de cadeia de suprimentos.

O ESG em Supply Chain vai além dos aspectos financeiros, considerando os impactos ambientais, sociais e de governança em toda a cadeia. Este workshop prático explora como aplicar esses princípios desde a seleção de fornecedores éticos até práticas de gestão sustentável e transparência na cadeia.

O objetivo é capacitar os profissionais de Supply Chain a implementar efetivamente o ESG no dia a dia, tornando a cadeia mais sustentável e eficiente. Junte-se a nós para adquirir insights valiosos e descobrir estratégias que impulsionam a responsabilidade e a inovação na gestão da cadeia de suprimentos.

Introdução ao Data Analytics
  • O que é Data Analytics e sua importância para os negócios;
  • Principais conceitos e terminologias em data Analytics;
  • Diferença entre Data Analytics e Data Science;
  • Processo de análise de dados: Coleta, Limpeza, Análise e Interpretação;
  • Tipos de dados: Quantitativos e qualitativos em Compras;  
  • Conceitos de coleta, exploração, limpeza e modelagem de dados: base de fornecedores;
Aplicação prática de Data Analytics no processo de Strategic Sourcing
  • O que é Strategic Sourcing e como o Data Analytics pode ajudar  
    Análise Macro e Microeconômica com o auxílio de Estatísticas Descritivas;  
  • Análise de tendências de mercado e fatores econômicos no contexto de Compras;
  • Análise do Risco de Fornecimento e Exposição do Negócio usando Correlação e Causalidade;
  • Avaliação do impacto de um fornecedor individual no risco geral de fornecimento;
  • Previsão de gastos futuros e identificação de oportunidades de economia;
  • Spend Analysis com Estatísticas;
  • Descritivas fundamentais;
Aplicação prática de Gestão de Fornecedores com Data Analytics
  • Como o Data Analytics pode melhorar a Gestão de Fornecedores;
  • Uso de Data Analytics na análise de Políticas Comerciais, Contratos e SLAs 
    Análise de custos totais de propriedade (TCO) para avaliar fornecedores;
  • Aplicação de Correlação e Causalidade para analisar a relação entre práticas de Supplier Relationship Management (SRM) e desempenho por produto/serviço de fornecedores full liners;
  • Uso de Séries Temporais para acompanhar o desempenho do fornecedor ao longo do tempo;
  • Rastrear a evolução do desempenho do fornecedor e identificar tendências;
Aplicação prática de Negociação com Data Analytics
  • Como o Data Analytics pode contribuir para a Negociação;
  • Utilização de Estatísticas Descritivas para entender a ZOPA (Zona de Possível Acordo) com preços ótimo e desejado;
  • Análise da faixa de negociação baseada em dados passados e previsões
  • Análise do impacto do histórico de preços na flexibilidade do fornecedor;
  • Uso de Testes de Hipóteses para identificar melhores posições na estratégia de negociação;  
  • Uso de Séries Temporais para prever riscos e oportunidades de alavancagem de Saving ou Cost Avoidance;
foto_workshop4

INSCREVA-SE

Maratona de Supply Chain

R$2.784 R$3.480
Tenha acesso aos dois dias do evento.

Maratona SC + Workshop

R$3.480 R$4.350
Tenha acesso aos dois dias de evento.
Acesso exclusivo ao Workshop Implementando ESG em Supply Chain.

Workshop Implementando ESG em Supply Chain

R$1.600 R$2.000
Acesso garantido apenas ao workshop hands-on no dia 1º de maio.

Supply GO

R$249 assinatura/mensal
Tenha acesso exclusivo aos dias 29 e 30 de abril, presencial ou ao vivo.
Acesso ao conteúdo completo de Supply Chain.
Além de garantir seu ingresso a um workshop e todos os eventos do ano.

PARTNERS

PRIME

01. Br Supply
02. Copastur
04. Mercado Eletronico
Pradigma Novo
03. Nortel
07. Empresometro
06. Printi
Verzani
26. Logcomex
Gimba
Paytracck
Nimbii
GGTT-1
13. Onfly
5a. Becomex

UNIQ

08. Coupa
17. Bernhoeft
28. Linkana
09. PG
11. B2rise
10. Cial Dun
12. Roit
31. CH Masterdata
14. Level
34. xcelis
Stratesys
Argon
33. Wehandle
executiiva

VIP

21. Slimstock1
29. Autopel
20. Sertras
18. Gedanken
19. Growin Co
Supplybrain
30. BDO
uello
Prestex Branco
16. Astrein

SPOT

BOTSLAB
DV3

Quero ser um Partner!

Fale com a gente no WhatsApp